Notícia

DJ equatoriana embalou tarde de jovens no Centro Cultural São Paulo
DJ equatoriana e suas picapes animando a tarde de sábado (10) no Centro Cultural São Paulo - Crédito: Produtora Nova Ideia

DJ equatoriana embalou tarde de jovens no Centro Cultural São Paulo

sábado, 10 de novembro 2018
Pela primeira vez no Brasil, Djane Ali elogiou profissionalismo do MicBR e oportunidades para artistas
Uma das atrações musicais da programação cultural do Mercado das Indústrias Criativas do Brasil (MicBR), a DJ equatoriana Alina Cedeño, também conhecida como Djane Ali, sacudiu a tarde de sábado (10) no Centro Cultural São Paulo (CCSP) com suas picapes. O som, no estilo progressive house, é como ela se expressa. “É como contar uma história com princípio, meio e fim através da música.”

A história de Djane Ali é contada através de canções em espanhol, inglês e até português eletronicamente remixadas. No foyer do Centro Cultural, jovens de  cabelos coloridos ocuparam a pista com muita animação e acompanharam os sons produzidos pela equatoriana com passos de KPop - uma coreografia coreana que mistura de hip hop a dança contemporânea.

Djane Ali elogiou muito o profissionalismo das equipes envolvidas na organização do MicBR, salientando que é mais impressionante ainda em se tratando de um evento tão grande, com tantos envolvidos: “Foi uma pena que não pude ver mais atrações, eram muitas coisas, impossível. Os brasileiros são bonitos, hospitaleiros e muito, muito profissionais”, elogiou.

Pela primeira vez no Brasil, Djane já pretende voltar, fazendo votos que o MicBR se repita várias e várias vezes: “Foi muito bom, fiz muitos contatos, estou muito agradecida por essa bela oportunidade. E gostaria que ela fosse estendida a outros profissionais, pode beneficiar muita gente.”